Monday, June 13, 2016

Euro - Dia 4


Espanha 1-0 República Checa
Os checos caíram no erro de quererem aguentar o empate a zeros estoicamente até ao final. Quebraram a três minutos do final e de que maneira... Tanto esforço da defesa e tanta defesa de Čech, para depois, num instante, congelarem em barda e permitirem o golo. Selassie sai, Rosický falha numa posição que não é a dele e o Piqué acontece. Pena.

Irlanda 1-1 Suécia
Esperava mais dos suecos e até Ibrahimović desapareceu no meio de tanto verde. Os irlandeses atacaram muito mais e acabaram por marcar, para os dois lados, já que o "golo" da Suécia foi obra do irlandês Clark, na própria baliza... Não mereciam.

Bélgica 0-2 Itália
Foi um jogo rápido, exigente para os dois lados. "A geração de ouro da Bélgica contra a selecção menos competitiva dos últimos anos da Itália", fartaram-se de dizer na TV. Levaram dois, bem embrulhadinhos!

Sunday, June 12, 2016

Euro - Dia 3


Turquia 0-1 Croácia

Jogo chato, com turcos e croatas a fechar tudo, tanto, que se não fosse Modrić ter arriscado um pontapé de primeira do meio da rua transformado em golo, quase no fecho da primeira parte, tinha adormecido! Não sei que raio de equipa médica tem a selecção croata, mas Ćorluka foi assistido várias vezes por causa da mesma lesão na cabeça. Foi um entra e sai de cabeça enfaixada e sangramentos constantes. Feio.

Polónia 1-0 Irlanda do Norte

As duas equipas com muita vontade, mas sem conseguirem organizar grandes jogadas. Jogo calminho, com cartões amarelos já só depois dos 65. Entretanto já os polacos tinham marcado, por Milik. Não fossem os horários, estava a divertir-me mais com os jogos da Copa América...

Alemanha 2-0 Ucrânia

Hoje caí no erro de ver dois jogos na Sport TV - pela net, à borla, faço questão de dizer - e não se percebe a falta de entusiasmo e emoção nos comentários... que seca! Amanhã volto à emissão da BBC. Quanto ao jogo, foi a primeira vez que vi, neste Europeu, potencial para uma chegada à final, mas já se estava à espera. Neuer continua em grande forma, embora tenha sido salvo, a certa altura, pelos super poderes acrobáticos de Boateng. Alemães melhores, mas os ucranianos aguentaram-se bem e nunca desistiram. Levaram dois na mesma, mas era a Alemanha!

Saturday, June 11, 2016

Euro - Dia 2


Albânia 0-1 Suiça
Foi mais um jogo de pára-arranca, cheio de faltas e com a primeira expulsão do Europeu. Cana, capitão albanês saiu aos 36 mins por acumulação de amarelos... Pela primeira vez num campeonato europeu vimos dois irmãos em selecções adversárias: Granit Xhaka pela Suiça e Taulant Xhaka pela Albânia. A vida dá destas voltas e a mamã Xhaka divide o seu apoio irmãmente  (Espreitem a t-shirt da senhora, com meia bandeira de cada!) O golo da Suiça foi logo aos 5 mins por Schär e fez com que os albaneses tivessem de se esforçar mais, o que piorou quando ficaram só 10 em campo, mas mesmo assim criaram algumas oportunidades de golo e deram trabalho ao guarda-redes suiço, mesmo que não tenham conseguido marcar.

País de Gales 2-1 Eslováquia
A primeira oportunidade de golo foi de Hamšík para a Eslováquia, mas quem acabou por inaugurar o marcador foi Gareth Bale, de livre directo, aos 10 mins. Depois disso os galeses deixaram-se ficar à sombra da bananeira e aos 61 mins, Duda, acabadinho de entrar em campo, fez o empate. Com meia hora para resolver o jogo, a Eslováquia começou a pressionar e o País de Gales perdeu o controlo do jogo. Até Robson-Kanu dar a volta e fazer o 2-1 aos 81 mins, os galeses andaram bastante perdidos. Depois de 58 anos sem irem a um torneio internacional, Bale e companhia passaram o primeiro teste, à tangente.

Inglaterra 1-1 Rússia
Mais uma vez, adeptos ingleses a envergonharem a sua selecção e o seu país. Ainda nem tinham jogado e já andavam a fazer porcaria. Há um inglês entre a vida e a morte, depois dos desacatos em Marselha... A selecção inglesa continua com dificuldades para compor uma equipa coesa e os russos, resistentes, estiveram sempre atentos às falhas, mesmo que lhes tenha sido difícil também organizar-se e concretizar. Por mim, Rooney já se tinha reformado e Sterling, corre muito, mas não mostra nada. Eric Dier quase marcou na própria baliza, mas depois compensou com o golo (livre directo) - que os ingleses achavam ser o da vitória - mas os russos não tinham ainda desistido e conseguiram empatar em cima dos 90 por Berezutski.

Friday, June 10, 2016

Euro 2016 - o arranque


Antes de mais, dizer que a cerimónia de abertura foi bem pobrezinha. Calculo que o David Guetta não tenha feito desconto na "actuação" em casa... Posto isto, vamos ao que interessa: França favorita? Não me parece. OK, havia os nervos e a pressão do primeiro dia e em casa, mas ainda assim, não me parece mesmo. Foi um jogo feio, em constante pára-arranca e nem Griezmann, o menino bonito, (que ainda deve estar a recuperar da grande penalidade falhada na final da Liga dos Campeões), safou a França. Foi um jogo de sangue, suor e lágrimas, literalmente, mas a França acaba por ter mais sorte que juízo. A eficácia de passe da Roménia foi quase nula e a capacidade de organizar uma jogada capaz, igualmente má. E pelo que vi, o golo da vitória francesa (grande golo de Payet, digno de Europeu), beneficia e muito, do desgaste romeno nos minutos finais. A ver o que vem por aí. (OMG! O CR disse mesmo em voz alta, no dia do arranque do Europeu, que é o melhor jogador dos últimos 20 anos?!)

Wednesday, June 8, 2016

Pré Euro 2016


Está quase! Vamos ao aquecimento final :)

Portugal 7-0 Estónia 
Grande, grande Quaresma! O homem põe a bola onde quer e prova disso (entre tantos outros exemplos), foi a bola impecavelmente colocada na cabeça de CR no primeiro golo da selecção. Nani vai ter muito pouco espaço para jogar, menos ainda para ser titular. Destaque também para João Mário, sempre muito calmo e seguro e para Raphaël, a mostrar-se bem, muito esforçado. Pepe desperdiçou dois cantos de Quaresma, muito bem marcados, mas ao menos não nos envergonhou com fitas e rabugices. Da prestação de Renato Sanches (e não Sanchez, alguém diga ao comentador da TVI...), tenho a dizer que no tempo dele, João Pinto teria tido muito a aprender com este jovem que, já agora, tem 20 anos de diferença de Ricardo Carvalho! 7-0 e um bom resultado para a moral das tropas, é certo, mas calma, é só a Estónia, a ver quando chegarem os adversários de peso ;)